Pesquisar este blog

FUNCIONALIDADE: Será que o webdesign está se padronizando? Esta foi a pergunta de alguém de uma das discussões que participo. O "padrão" 3 colunas encontrado na maioria dos sites parece estar cada vez mais popular. A razão? Funciona na maioria dos casos.

Se pensarmos bem, Internet é, antes de tudo, comunicação. E principalmente comunicação escrita. Por que haveria de ser diferente do que ocorreu com jornais, livros e revistas? Veja que todos seguem um padrão de tamanho de página, disposição do texto em colunas, etc. Quando alguém tenta fugir disso, acaba dificultando a leitura.

E na Web? Responda rápido: Você prefere ler um texto preto sobre fundo branco (papel) ou gosta daquele vermelho, ou amarelo, sobre preto? Está tão interessado assim nas imagens, ou são os textos sua ocupação principal? Tá bom, não responda. Só pense.

Num momento em que o importante é fazer seu site render alguma coisa, é preciso pensar mais em fazê-lo funcionar, do que esperar que ele agrade seu próprio umbigo (aliás, será que alguém está interessado naquela votação que você colocou lá? ou na previsão do tempo? ou no clipping de notícias? dependendo de sua área, nada disso fará sentido).

Ser achado é primordial. Entendeu? PRIMORDIAL!!! Senão você gasta os tubos com propaganda offline só para dizer onde está seu site online para o cliente visitá-lo e entrar em contato com você off-line outra vez. Ora, porque já não coloca seu telefone em sua propaganda off-line e resolve o assunto com um degrau a menos?

Ah! Os degraus! Quando trabalhava no Banco Itaú, comprando agências, sempre escolhia imóveis sem degraus e sempre do lado da rua com sombra à tarde. Para evitar obstáculos para o cliente mais velho entrar e também criar um ambiente mais agradável. Tem site com tanto plugin para baixar, flash para esperar carregar, links escondidinhos sob imagens, que dá vontade de sair antes de entrar. É o que costumo fazer.

Voltando ao assunto encontrar, fiz uma pesquisa com meu site no Google.com. Os resultados estão abaixo. Desde 96, quando entrei na Internet, sempre acreditei no poder dos sites de busca. Meu primeiro site recebeu 600 page-views nos primeiros doze mezes. O mesmo site, reformulado, recebeu 40 mil no primeiro ano. Hoje são cerca de 50 mil page-views/mês.

Nisso tudo fui desenvolvendo técnicas para ser achado na Internet. Hoje, por curiosidade, fiz alguns testes (quem quiser pode repetir p/ ver se é recorrente). Busquei no Google as strings entre " " e obtive os seguintes resultados, o que revela que minha técnica não tem sido de todo má.

"marketing pessoal" - 3a. posição de 5.210 páginas
"call center" (com opção português somente) - 5a. de 13.000 pgs.
"planejamento estratégico" - 1a. de 21.700 páginas,
"administração do tempo" - 1a. de 2.190 páginas
"técnicas de redação" - 3a. de 1.590 págs.
"planejamento de marketing" - 1a. de 1.760 págs.
"planejamento de comunicação" - 1a. de 543 págs.
"comunicação empresarial" - 6a. de 8.030 págs.
"satisfação do cliente" - 1a. de 8.270 págs.
"redação publicitária" - 2a. de 631 págs.
"comunicação e marketing" - 2a. de 5.010 págs.

Estes resultados são para strings, ou frases fechadas. Ainda preciso testar com palavras isoladas. Obviamente não se consegue os mesmos resultados em todos os sites de busca, já que cada um utiliza um critério diferente de indexação. No RadarUOL, pelo menos, que utiliza tecnologia Google, os resultados são idênticos.

Considerando que o Google é hoje um dos mais importantes, e que todos esses serviços são vitais em meu cardápio, seja de serviços, seja de palestras, acho que minhas técnicas de exposição estão dando resultados.

Por que é importante ser bem encontrado em sistes de busca? Aqui vai uma razão bem forte: Esqueça a idéia de site como uma revista, que tem capa e que as pessoas entram e vão lendo. Cada página de um site é um veículo independente de venda e deve ter um apelo ao contato imediato.

Em novembro, apenas 30% dos visitantes (1.446 de 4.813 visitantes únicos) de meu site profissional www.mariopersona.com.br entraram pela capa ou home-page (index). 70% chegou a ele através de alguma outra página encontrada em site de busca.

De meu site pessoal www.stories.org.br, apenas 23% dos visitantes (3.921 de 16.850 pessoas) entraram pela home-page. 77% chegaram por outro caminho.

Em novembro, o site www.widebiz.com.br teve apenas 15,94 % dos visitantes (3.341 pessoas) chegando pela página principal. Moral da história: o miolo é mais importante do que a capa. E vale a pena investir em técnicas de classificação nas principais search engines. Todo investimento nessa área é investimento economizado em propaganda convencional para trazer gente ao seu site.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Loading...