Pesquisar este blog

Reclamando do ensino

Costumamos reclamar do ensino, e há muito que precisa ser mudado, mas pouco falamos do orgulho acadêmico. Ele existe e fica correndo sob a pele de quem ensina (sim, eu também tenho, pois ensino). Esse orgulho é natural ao ser humano e nos coloca numa falsa posição de arautos da verdade. Parece existir uma necessidade (será de auto-afirmação?) do mestre mostrar ao aluno que existe um abismo entre ele e o aluno que o aluno precisará se esforçar muito para transpor (oras, pensaria o mestre, se eu dei duro ele deve dar também!).

O problema é que falta no ensino aquilo que já é lugar comum nos negócios: o cliente reina. Se no passado a relação indústria/comércio com o cliente era unilateral -- chamamos a isso de relação "push", onde a indústria empurra o que quer que o cliente consuma -- hoje essa relação é "pull", ou seja, o cliente determina o que ele vai querer e a indústria/comércio se comportam como o gênio da lâmpada para atendê-lo.

No ensino é assim? Nem sempre. Ainda prevalece a doutrina do 'calaboca moleque, que você não entende disso'. O problema é que, com a democratização total da informação, o mestre perdeu poder. Ele já não tem a chave dos oráculos do saber, já que esta foi parar nas mãos do Google.com, a maior universidade do mundo. O aluno pergunta ao Google e o Google responde do jeito que o aluno quer ouvir. E o mestre?
Bem, ele vai espernear e tentar se impor, mas o mercado acaba com isso em muito pouco tempo. Acabou a época do ensino ('push' ou empurrado pelo mestre goela abaixo). Estamos na época do aprendizado ('pull' ou sorvido pelo aluno na medida e com o tempero que ele quer).

Por tabela, é o fim também do ensino a distância que logo, logo terá que mudar para aprendizado a distância (tema do trabalho que pretendo desenvolver aqui, se conseguir recuperar o tempo perdido). Ninguém mais vai ensinar, mas todos vamos aprender. E o mestre?

Ora, o mestre passa a ser um facilitador, porque ele próprio não sabe mais do que o mestre Google, que mora na casa de seu aluno. É por esta razão que está ficando mais importante saber procurar informação do que confiar em quem ensina. Está ficando mais importante saber perguntar do que saber responder, porque a melhor resposta acaba sendo uma composição de respostas (ou outras perguntas) que cria, em associação com o conhecimento que eu já tenho, uma sinapse que resulta em um conhecimento novo e ímpar.

Quem conseguirá avaliar isso? O mestre? É difícil, pois na velocidade em que o aluno aprende (será que ainda é aluno?) o mestre não poderá parar de aprender (será que ele ainda é mestre?). É por isso que o aluno está ficando cada vez mais difícil de ser avaliado, já que o que se considera ideal hoje em um profissional é a pluralidade de seu conhecimento, que será única para cada contêiner.

Se vai ficando impossível avaliar o quanto o aluno sabe, uma nova forma de avaliação vai tomando lugar. É a que avalia o quanto o aluno duvida (ou tem dúvidas, ou questiona). A avaliação da inquietude do que busca o saber. Isto sim deveria ser avaliado, já que a universidade está perdendo seu papel e lugar de farol do conhecimento, perdida na pluralidade do conhecimento humano acessível na ponta dos dedos. Agora, Cabreira, como efetivamente avaliar isso, eu não sei. Nem o Google.
Foi ótimo fazer novos amigos, encontrar os velhos (amigos) e ainda conhecer realmente quem conhecia virtualmente. Estou falando do evento promovido no Centro Empresarial Rio pela Imprensa WEB para o lançamento de meu terceiro livro, "Gestão de Mudanças em Tempos de Oportunidades". Se foi bom?

Sou suspeito. É melhor perguntar ao seleto público de profissionais e empresários do Rio e São Paulo que assistiu minha palestra de Marketing Pessoal, antes do coquetel e autógrafos. Tudo sob o patrocínio da Editora Futura e Le Meridien Copacabana, e apoio cultural da Revista Venda Mais, Jornal do Commércio e empresas do Rio. Enquanto isso, atores do grupo de teatro empresarial Rotation interagiam com os presentes. As fotos estão aqui.

A Fernanda Do Coutto Riberti, diretora da Imprensa WEB, está pensando em repetir a fórmula do evento em outros estados. Com sua experiência na organização de eventos, deve vir coisa boa por aí.

Após o evento, aproveitei para jantar com Marco Pace, editor da Futura, para trocar idéias sobre o lançamento de meu próximo livro, "Marketing Tutti-Frutti", e comentar o recém lançado "Liberte a Intuição", de Roy Williams.

Por falar em livro, ganhei um de Carlos Nepomuceno, diretor da PontoNet e colunista do Jornal da Tarde. No site você encontra seu artigo sobre Tico & Teco, que mencionei em minha palestra. Agora Teco, meu neurônio direito, está lendo para Tico, o esquerdo, o livro "No Açúcar da Tarde", com poesias do Nepô. E você, lê poesias? Devia ler para massagear a criatividade e a intuição.

O verdadeiro poema
não tem casca de vaidade,
nem caroço de barulhos.

É sabor em fruta,
espremido: suco. [C. Nepomuceno]
No mês que termina, falei sobre Gestão de Mudanças para a equipe da Abril, a convite de Juliana De Mari, editora chefe da Você S/A. Outro convite veio do Raúl Candeloro da VendaMais, para entrevista em seu Talk Show transmitido pela DTCom em rede de TV corporativa.

Falei também no evento promovido em Bauru pelo consultor Paulo Milreu e em eventos e treinamentos "in company" para grandes empresas, antes de perceber que falei demais e escrevi de menos. Por isso você não lê uma nova crônica desde "Que medão as pessoas me dão".

No dia 27 de Junho vou ministrar dois workshops no no 5º Congresso de Lideranças do Cone Leste Paulista 2003, promovido pela ACIT - Associação Comercial e Industrial de Taubaté.

Mas nem sempre falo; às vezes escuto. Foi o que fiz, participando como aluno durante três dias do excelente curso "O Vendedor Eficaz", de Fred Móz, consultor e colega do ISCA Faculdades onde lecionamos. Eu, que ensino, também tenho muito a aprender.

A WD2Tech está disponibilizando um vídeo com uma amostra de minhas palestras. Agora vamos ao meu novo filme... digo, à minha nova crônica: "Marketrix". Acho que só faltava eu para explorar o tema, ou não? Boa leitura e bons negócios. Reais e imaginários.
C R I A D O - M U D O

Este eu ainda não comecei mas já está na fila de livros: "O Elefante e a Pulga", de Charles Handy. O livro é uma autobiografia do mesmo autor de "A era da incerteza", "Repensando o futuro" e "A era do paradoxo", que venderam mais de um milhão de exemplares em todo o mundo. Handy atuou como executivo da área de petróleo, economista, professor-fundador da London Business School e diretor-presidente da Royal Society of Arts.

Aos 40 anos, Charles Handy decidiu dar uma virada radical em sua vida e pôr em prática tudo o que vinha pregando desde a época em que trabalhava como executivo em grandes empresas -- os elefantes --, e tornar-se o que ele denominou pulga, isto é, empreendedores que dirigem pequenos negócios próprios ou autônomos.

Não se esqueça de ler também os meus livros: GESTÃO DE MUDANÇAS EM TEMPOS DE OPORTUNIDADES, RECEITAS DE GRANDES NEGÓCIOS e CRÔNICAS DE UMA INTERNET DE VERÃO
Saiu! Meu novo livro “Gestão de Mudanças em Tempos de Oportunidades” já está nas melhores livrarias para quem não puder ir ao lançamento oficial no Rio, dia 6 de maio. Ou na Internet. O livro é um excelente presente para quem você quer que mude, começando consigo.

A mudança própria envolve uma boa estratégia de marketing pessoal, assunto que vou tratar nesta quarta-feira, 23 de abril, no chat promovido pela Revista Vencer!. Começa às 19 horas.

Foi um privilégio fazer a palestra de abertura da 11a. Convenção Lojista do Piauí, em Teresina. Fiquei impressionado com um público de quase 800 pessoas e gostaria de poder ficar mais tempo e assistir as palestras de Nuno Cobra, Vicente Donini, Luiz Roberto
Carnier, Carla Galo e Edmour Saiani, mas precisei voltar logo após ouvir Renato Bernhoeft. Ótima palestra, por sinal, falando da preparação da empresa familiar para os herdeiros e vice-versa.

Semana que vem, dia 30/04, estou em Bauru falando sobre O Poder do Marketing Pessoal e de Relacionamento no Obeid Plaza Hotel, das 18 às 22 horas. É claro que não vou ficar todo esse tempo falando, já que o evento inclui coquetel, networking e autógrafos. Veja mais em www.paulomilreu.com

Depois é a vez do Rio, com o mesmo tema, coquetel e noite de autógrafos de meu novo livro "Gestão de Mudanças em Tempos de Oportunidades", da Futura. Para saber se ainda há vagas, confira em www.tuesday.com.br/rio/index.php

Você deve achar fácil ficar falando aqui, ali e acolá, mas tenho um segredo para contar: morro de medo! Verdade. Sou palestrante, dou consultoria em comunicação e preparo pessoas para falar em público, mas sou tão covarde para enfrentar o público quanto todo mundo. A dor de barriga é tanta, que só falo à vontade mesmo no banheiro. Sentado. Mas este é um assunto para a crônica de hoje, "Que medão as pessoas me dão!". Boa leitura e bons negócios.
Tive o prazer de dar consultoria para a tradução e publicação do livro “Free the Beagle”, de Roy Williams, a ser lançado no Brasil pela Editora Futura com o título “Liberte a Intuição”. O livro deve sair em Maio e é uma alegoria interessantíssima, sobre uma cachorrinha Beagle e um advogado em sua viagem até a cidade de Destino. É um livro de negócios, é um livro de estratégias, é um livro de vida, é um livro de... pense em algo e ele se encaixa. Este veio parar em meu criado-mudo em três versões: um manuscrito antes da edição inglesa, um livro de pré-edição (é, nos EUA tem muito disso) dirigido a editores e livreiros, e a tradução em português ainda não impressa. Logo, logo deve estar nas livrarias, lançamento Futura.

Enquanto isso, o livro “7 Homens e os Impérios que construíram” aterrissa no topo da pilha. Gostei de início porque o autor tomou o cuidado de escolher sete homens de negócios que já morreram. Assim a biografia fica mais completa e é menor a possibilidade de fracasso do empreendedor antes do livro chegar às livrarias, algo que foi muito comum na era ponto-com. São Henry Ford (Ford), Sam Walton (Wal Mart), Rober Noyce (Intel), Thomas J. Watson Sr. (IBM), Charles Revson (Revlon), George Eastman (Kodak) e Andrew Carnegie (Carnegie Steel). Devo ler logo, antes que meu criado-mudo quebre de tanta gente em cima...
Muitos livros são escritos ensinando técnicas para ficar milionário. A maioria não passa da velha fórmula que ensina que, para ficar milionário, você deve escrever livros que ensinem a ficar milionário. Mas, acredite ou não, eu descobri a fórmula para ficar milionário e está funcionando. Não se preocupe, você não terá que comprar meus livros para descobrir. Vou dar a dica bem aqui.

Preparado? Seja professor. Não estou brincando. A cada dia que passa vou ficando mais rico com esta atividade. Não conte para ninguém, mas a maior parte do que ganho como professor – a parte milionária do negócio – não declaro no Imposto de Renda. É que o pagamento não vem no hollerit, mas em e-mails como este que recebi de um ex-aluno.

“Fui seu aluno e formando de Administração de Empresas no último ano e tenho acompanhado suas crônicas de negócios que recebo via e-mail, sobre as quais gostaria de tecer alguns comentários.

Fico na expectativa de receber suas crônicas, já que não posso mais acompanhar suas aulas. Só estou dando conta disso agora que não as tenho mais, (na maioria das vezes na nossa vida é assim, só damos valor depois que perdemos). Por isso estou escrevendo para lhe agradecer por ter feito eu descobrir o prazer de uma boa leitura, e mais, por eu me interessar cada dia mais por Marketing e por "sacadas" como a de sua última crônica. Se possível, avise-me de palestras suas na nossa região para que eu possa assistir. Mais uma vez MUITO OBRIGADO!"


Pergunto: sou ou não sou milionário? Por falar em ensinar, renovei meu contrato com a Uninove em São Paulo para ensinar “Gestão de Negócios na Era Internet” no MBA em Gestão de Tecnologia de Informação e Internet daquela Instituição.

Agora leia “Guerra e Paz”, não o imenso livro de Tolstoi, mas a curta crônica desta semana. E aceite meu conselho: Muito cuidado com a Paz, principalmente se ela estiver perto. Pode ser perigosa. :)

Em tempo: A data de minha palestra de Marketing Pessoal em Bauru foi alterada para 30/04, mas antes disso estou em Teresina em 11/04 e, depois, no Rio em 06/05.
CRIADO-MUDO

Meu criado-mudo só não reclama do peso porque não fala. Este livro é mais um que mora lá. Ler Roy Williams já é para mim uma compulsão. Tanto que, por saber disso, meu editor acabou me convidando para ajudar na tradução e texto de orelha do próximo lançamento do autor no Brasil. Enquanto isso não acontece, o último lançamento ainda está quente do forno. É "Os mundos mágicos do mago da publicidade".

Se você nunca leu Roy Williams, pode começar por este. Mas depois leia os outros dois, "O mago da publicidade" e "Fórmulas secretas do mago da publicidade". Mas não se engane pensando que são livros para publicitários. Não são só para publicitários. Servem para qualquer pessoa que quiser descobrir os meandros do cérebro e seus efeitos na comunicação empresarial, comercial ou pessoal.

Descobri Roy Williams há alguns anos quando alguém no exterior leu uma de minhas crônicas em inglês e escreveu: "Roy Williams escreve como você". Comprei, li e corrigi: "Eu tento escrever como Roy Williams". Julgue você enquanto lê os meus livros RECEITAS DE GRANDES NEGÓCIOS , CRÔNICAS DE UMA INTERNET DE VERÃO e GESTÃO DE MUDANÇAS EM TEMPOS DE OPORTUNIDADES (final de Abril).
Mal dá tempo de trocar de mala! Nem bem cheguei de uma palestra na Bahia e saio para Belém do Pará para falar sobre o tema "Somos todos vendedores!" neste 26 de março. Informações com os organizadores do evento pelo (91) 3088-1142 ou (91) 9971-8245.

Dia 9 de abril é a vez de Teresina, Piauí, na 11a. Convenção Lojista do Piauí no dia 11 de abril. Depois vem Bauru, SP, no dia 30 de abril com "O Poder do Marketing Pessoal e de Relacionamento" e o contato pode ser feito com Paulo Milreu - paulo@milreu.com

Dia 6 de maio estou no Rio para palestra de Marketing Pessoal e lançamento de meu terceiro livro "Gestão de mudanças em tempos de oportunidades". Detalhes com a Fernanda Do Coutto S. Riberti. Enquanto isso, outras coisas acontecem "in company" e, entre um vôo e outro, vou organizando as letrinhas de um novo livro, além dos 3 publicados, para o final deste ano ou início de 2004. Vamos ver o que meu editor, Marco Pace, vai decidir a respeito.

Escrever um livro é bom, mas gostoso mesmo é se achar citado por outros. Assim foi com livro da Editora Universitária, “Suprimento Externo - Uma abordagem técnica das práticas empresariais”, de Fábio de Oliveira Lucena e Cosmo Severiano Filho, ambos professores da Universidade Federal da Paraíba. Outra menção encontrei no livro de Hernani Dimantas, “Marketing Hacker: A Revolução dos Mercados”, publicado pela Garamond.

Fui entrevistado pela Revista Vencer, que utilizou parte do material para a edição de fevereiro. A entrevista completa você encontra aqui.

Fique agora com “Fazendo das circunstâncias um trampolim”.
"Cadê o Mario? Desde dezembro não recebo e-mail com as crônicas!!!" Era tudo o que trazia o e-mail de uma leitora que trabalha na área de qualidade e atendimento de uma grande corretora de seguros. Bem, aproveitando a máxima de que o Brasil só começa depois do carnaval, faço coro com Adoniran Barbosa: "Ói nóis aqui traveis".

Brincadeira. Antes do carnaval eu já atendi alguns clientes, dei aulas e ministrei palestras no Banco do Brasil e na 4a. Conferência Nacional de Logística Colaborativa promovida pelo IBC.

Agora é acelerar. De 19 a 23 de Março será a vez de discutir com os participantes do Reseller Forum na Costa do Sauípe, Bahia, como vender mais

Em 26 de Março será a vez da palestra "Somos Todos Vendedores!", a convite da Mundial Propaganda Assessoria e Marketing de Belém do Pará. Inscrições: (91) 3088-1142 ou mundial_assesso@hotmail.com com Cecilia Maria Nunes.

Dia 6 de Maio você me encontra no Rio para um evento múltiplo: Palestra "O Poder do Marketing Pessoal e de Relacionamento" + Coquetel + Tuesday Network Rio + Lançamento do livro "Gestão de Mudanças em tempos de Oportunidades". Você pode conferir a opinião de quem leu o manuscrito aqui.

As inscrições para este evento, promovido pela Imprensa WEB e Tuesday Network Rio, podem ser feitas no site www.tuesday.com.br , pelo e-mail imprensa@imprensaweb.com.br ou telefone 0xx19 3843-7476.

Agora vamos ver se consigo me lembrar como se escreve uma crônica. "Sigam-me os bons!" E não se esqueça de dar uma olhada na seção de livros - CRIADO-MUDO - logo após a crônica da semana.
CRIADO-MUDO

Mais um livro pousa em meu criado-mudo. "REDAÇÃO PUBLICITÁRIA - Estudos Sobre a Retórica do Consumo", de João Anzanello Carrascoza e prefaciado por Roberto Dualibi. A editora é a Futura, a mesma de meus livros. Se você quiser entender o segredo dos títulos atraentes e textos elaborados das propagandas que vê por aí, leia este livro.

O livro trata de coisas como associação de idéias e palavras na propaganda, correntes espirituais e publicidade, minimalismo, literatura e publicidade, plágio e coincidência na criação publicitária, lugares-comuns e ideologia. Ainda não terminei, mas até onde fui é muito bom, e não ganho nada por dizê-lo aqui.

Não se esqueça de ler também os meus livros: RECEITAS DE GRANDES NEGÓCIOS, CRÔNICAS DE UMA INTERNET DE VERÃO e GESTÃO DE MUDANÇAS EM TEMPOS DE OPORTUNIDADES (previsto para meados de Abril).
Dia 06/05/2003 você deve me encontrar no Centro Empresarial Rio, Praia de Botafogo, 228 Rio de Janeiro, das 18:00 às 21:00 horas para um evento múltiplo: Palestra + Lançamento do livro "Gestão de Mudanças em tempos de Oportunidades" + Coquetel + Tuesday Network Rio.

Quem leu o manuscrito do livro "Gestão de Mudanças em tempos de Oportunidades" parece que gostou e você poderá ler alguns testemunhos clicando aí mesmo, no nome do livro.

A palestra será sobre "O Poder do Marketing Pessoal e de Relacionamento" e para apenas 100 pessoas. O evento é organizado pela ImprensaWEB e Tuesday Network Rio e promete criar uma boa oportunidade para novos relacionamentos de negócios. Quem for ganha também um livro "Receitas de grandes negócios" autografado por um tal de Mario Persona.

Informações: imprensa@imprensaweb.com.br ou 0xx19 3843-7476

Postagens populares

Loading...