Pesquisar este blog

Nunca perca a esperanca

O ano já começou aí? Aqui já. O outro acabou. Agora não é hora de lamentar as perdas e danos, mas melhorar as metas e planos. Porque tem um ano novinho em folha bem aqui, cheinho de oportunidades para você pegar ou largar.


Quer ver como fica fácil de encarar? Imagine que você dormiu o ano passado inteirinho e agora acordou. Psiu! Ei! Acorde! Vou repetir. Imagine que o ano que passou foi um sono só de pesadelos. O que você faz quando o despertador toca? Descobre que é feriado, vira para o outro lado e volta a sonhar. Sonhos bons, desta vez. Porque sonhos existem e se concretizam. Quer ver?

Então vou ceder este lugar para o que minha filha Lia Persona escreveu numa revista. Ela fala do livro que escreveu baseado em sua experiência com o irmão Pedro que teve uma influência tremenda em sua vida e carreira. Ela teve seu sonho concretizado e conta como isso aconteceu.

Neste ano desejo bons sonhos para você.

Mario Persona



Nunca perca a esperança

Escrever é como compor. Assim como as notas musicais, as palavras são escolhidas e ordenadas em uma sequência inédita transmitindo mais do que uma mensagem. Transmitem emoções. Sozinhas, palavras são como notas musicais, têm pouco valor. Entretanto, quando enxergamos o conjunto - a união de muitas palavras, ou notas musicais - surge a história, a sinfonia, o equilíbrio e a harmonia. A vida é assim.

Às vezes perdemos a esperança porque enxergamos apenas uma partícula de nossas circunstâncias. Falta paciência para esperar e fé para acreditar. Sem falar em persistência, vontade e determinação para fazer algo que possa beneficiar outros.

Como gosto muito de escrever, e a enfermagem é minha paixão, propus unir ambos. Em 2003, quando ainda era estudante de enfermagem na UNICAMP e incentivada por um concurso literário promovido pelo COFEN (Conselho Federal de Enfermagem), resolvi escrever um livro. Resolvi arriscar... Como não me arrependo de ter arriscado! Como foi bom ter sonhado!

Como faltava pouco tempo para o encerramento das inscrições, em dois meses escrevi o livro que foi selecionado dentre 650 trabalhos inscritos. Quando recebi a notícia quase desmaiei! Sonhar é muito bom, mas ver um sonho realizado é maravilhoso. Mal acreditava no que vi a mensagem no site: "Temos o prazer de anunciar que sagrou-se como vencedor o romance UMA LUTA PELA VIDA, da autora e Técnica de Enfermagem LIA PERSONA."

Não era sonho, era real. O meu primeiro livro tinha sido escolhido por autores da Academia Brasileira de Letras para figurar na Coleção Anjos de Branco ao lado de obras de autores como Patch Adams e Maureen Mylander, Antonio Olinto, José Louzeiro, Helena Parente Cunha, Carlos Nejar, Arnaldo Niskier e Marcos Santarrita. De repente tudo ficou tão real, tão próximo, tão possível!

Assim são nossos sonhos quando se realizam. Demoramos para acordar para eles. Pensamos que não passam de um engano ou de uma alucinação. Mas, não. Eles são reais! Tão reais quanto sempre foram em nossa imaginação.

Nunca deixe de sonhar, nunca desista dos seus sonhos, mesmo que não consiga compreender seu momento ou circunstâncias. Elas podem ser apenas partículas - letras, palavras ou notas musicais - de um conjunto maior. Um romance ou uma sinfonia.

Lia Persona
autora de "UMA LUTA PELA VIDA"




O livro UMA LUTA PELA VIDA foi publicado em 2003. Depois de esgotado, minha filha Lia, que agora mora nos EUA com o marido e filhos, decidiu publicar uma nova edição por conta própria pelo sistema sob demanda. O livro pode ser adquirido no Brasil no Clube de Autores e no exterior na Amazon.



Uma luta pela vida - Lia Persona
Este livro escrito por minha filha é um romance baseado em fatos reais (a história de Pedro) e ganhou o prêmio do concurso literário promovido pelo COFEN. Enquanto ela escrevia eu li apenas o primeiro capítulo, mas depois de publicado li o livro todo em uma noite. Sou suspeito de dizer que a leitura é apaixonante. José Louzeiro, da Academia Brasileira de Letras, faz o seguinte comentário sobre "UMA LUTA PELA VIDA": "Entre cuidar do garoto e registrar o dia-a-dia de seu trabalho, firma-se curiosa relação: ela dialoga com o 'Diário' com se falasse a seu paciente. Esse inteligente recurso é, por si, revelador do talento inventivo de Lia Persona, que consegue exercitar uma narrativa marcada pelo mais profundo conteúdo humano". O prefácio é escrito por outro acadêmico, o escritor Antonio Olinto.



© Mario Persona  - Quer publicar Mario Persona CAFE em seu blog? Não se esqueça de colocar um link apontando para www.mariopersona.com.br ou clique aqui para obter o código do gadget. Você também pode publicar o texto na íntegra em seu site, blog, jornal ou revista, desde que mantenha os créditos do autor e tenha um link apontando para www.mariopersona.com.br.
E a gorjeta, doutor?

4 comentários:

  1. Não poderia ser um pouco maior o Widget para ser colocado no site?

    Os visitantes teriam melhor visualização das crônicas postadas.

    Obrigada pela atenção e me perdoe o abuso.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada!

    Foi muita gentileza de sua parte, abrir um leque de opções para formatar o widget de suas cronicas,

    ResponderExcluir
  3. Li esse livro há 3 anos. Formidável. Queria adquirir com a capa que tinha uma rosa, onde poderia encontrar? Grata, Att.,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Simone, aquela edição está esgotada e a editora já saiu do mercado. A nova edição está sendo publicada pelo Clube de Autores e a capa anterior era de propriedade da outra editora.

      Excluir

Postagens populares

Loading...