Pesquisar este blog

Tentativa de abdução

Passava da meia-noite quando cruzamos o paralelo 14, o mesmo de Machu-Pichu, próximo ao Monte da Baleia na mística Chapada dos Veadeiros, onde fica Alto Paraíso de Goiás. À nossa esquerda podíamos ver ruínas ancestrais que pareciam pertencer a um antigo templo de uma civilização egípcia há muito extinta. Já tínhamos sido alertados de que coisas estranhas aconteciam ali, mas nem ligamos. Arrependo-me até a raiz dos cabelos.

De repente uma luz cor de laranja nos envolveu e começamos a ouvir tons musicais semelhantes aos daquele brinquedo Genius dos anos 80. O motor do carro começou a falhar, o veículo parou e passou a flutuar a meio metro do chão. Tudo indicava que havíamos sido atingidos por um raio de imponderabilidade, enquanto vozes pareciam querer entrar em nossa mente tentando se comunicar conosco. Pareceu-me ser linguagem binária, como a dos velhos modens de Internet discada tentando fazer uma conexão.

Olhamos para o lado e vimos uma imensa nave alienígena prateada em formato de disco irradiando luz púrpura. Do chão abaixo de nós milhares de cristais cintilantes eram arrancados e subiam em direção a um alçapão debaixo da nave, atraídos por uma misteriosa e poderosa força. Na escotilha mais próxima de nós era possível ver uma figura humanoide com uma enorme cabeça de cor verde e cabelos brancos e longos em estilo rastafari. Na testa e entre seus dois grandes olhos oblongos havia um terceiro olho tatuado, e sobre este uma risca do que parecia ser lama de algum rio sagrado. O alienígena apontava um dedo comprido e de ponta chata em nossa direção.

De repente sentimos uma pancada na lateral do carro. O disco voador devia ter disparado algum tipo de raio de anti-matéria para fazer a porta abrir para os alienígenas conseguirem nos extrair do veículo e nos abduzir. Sem pensar duas vezes enfiei a mão na buzina ao mesmo tempo em que ligava o rádio com o volume no máximo. Não sei de onde apareceu uma estação tocando funk a todo vapor e então, sem qualquer razão aparente, sentimos o carro cair de volta ao solo e o disco voador se afastar a uma velocidade impressionante. Por pouco não fomos abduzidos por uma raça alienígena superior, para cujos ouvidos o funk deve ser um som mortal. Tudo o que restou da experiência foi a porta do carro toda amassada pelo raio de anti-matéria.


Na hora de lavrar o Boletim de Ocorrência para o seguro do carro achei melhor dizer apenas que tínhamos sido abalroados por um motorista distraído que deu marcha-à-ré e não nos viu estacionados atrás. Fui obrigado a inventar a história da marcha-à-ré, pois além de a apólice do seguro não cobrir tentativa de abdução por alienígenas ou estragos causados por raios de anti-matéria, você acha que a polícia ou a seguradora iriam acreditar nessa história? Você acreditaria? Nem eu.

Mario Persona é palestrante de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional. Seus serviços, livros, textos e entrevistas podem ser encontrados em www.mariopersona.com.br

© Mario Persona  - Quer publicar Mario Persona CAFE em seu blog? Não se esqueça de colocar um link apontando para www.mariopersona.com.br .

25 comentários:

  1. kkkkkkkk, senso de humor impressionante, ri muito.......

    ResponderExcluir
  2. Sr. Mario , vc tem uma imaginação que realmente não é desse mundo e um senso de humor maravilhoso , gosto muito disso , além do q , fico encantada com sua inteligência , parabéns pela estória

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Mas... você nem anotou a placa dos caras? Foi tal surreal, assim ?

    ResponderExcluir
  5. Impressionante kkk procurei ler achando que seria só uma história de pesar por conta do amasso e me deparei com história maravilhosa RI muito kk

    ResponderExcluir
  6. Hilário. Melhor que ler esse relato foi ter tido a honra de ouvir esse resumo pessoalmente. Prazer em conhecê-lo. Privilégio de poucos!! Conquistou mais uma seguidora.

    ResponderExcluir
  7. Mário Persona, me inscrevi em seu canal no YouTube e passo horas assistindo seus vídeos. Sou cristã e não congrego em nenhuma igreja, tem me esclarecido muitas dúvidas. Te desejo o melhor de Deus. Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Mário ter conheci por acaso no you tube sou cristã gosto muito dos seu s vidios. Que Deus abençoe

    ResponderExcluir
  9. Olha, vou te dizer!!! Isto é possível e bem real. Me contaram hoje que um médico em Santos sofreu uma tentativa d abdução com seu carro. Ele gritou e soltaram o carro q veio a bater com violência no chão, quebrando as quatro rodas.

    ResponderExcluir
  10. Definitivamente nem os alienígenas suportam esse tal de funk.

    ResponderExcluir
  11. Naturalmente real, nos mínimos detalhes, e ainda bem que mais alguém, além de alguns de nós humanos, não gosta de funk...Rsrs, surreal.... Muito bom

    ResponderExcluir
  12. Sendo assim , de agora em diante vou deixar um cd de funk dentro do carro porque vai que... Kkkkkk

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde ,Mario gosto de assistir seus videos sobre a bíblia ,pois eu acho que vc faz um resumo que fica um pouco mais facio de entender !

    ResponderExcluir
  14. Verdade? Quer dizer então que os nossos vizinhos espaciais tem bom gosto musical?
    Mas eu acredito sim, na sua historia.

    ResponderExcluir
  15. Depois dizem que funk não vale nada...kkkkkk

    ResponderExcluir
  16. De Alguma maneira o Só Horrível do funk serviu para algo.

    ResponderExcluir
  17. Boa irmão Mario! Kkkkkkkk O som é realmente mortal...

    ResponderExcluir
  18. Anônimo12/8/17

    Poxa, eu estava tensa acreditando em tudo, mas na parte do funk...
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkk ��

    ResponderExcluir
  19. Xará....
    Dessa vez foi por pouco... Ufa!!!
    kkkkkk
    (chorando de rir...)

    ResponderExcluir
  20. Anônimo12/8/17

    Sensacional!

    ResponderExcluir
  21. Aconteceu coisa semelhante com o Rodrigo (meu esposo)... o raio atingiu a traseira do carro... coisa incrível! Aparentemente o dano foi pouco, mas ao analisar, descobriu se que o raio abalou todas as estruturas do carro e a seguradora deu perda total...

    ResponderExcluir
  22. Querido professor Mario compreendo toda situação que você passou...esses céticos que não compreende um momento tão sublime como esses, isso chega a irritar. Mas enquanto ao amassado na porta do carro caso o seu seguro não cubra vc pode acionar a seguradora do disco voador, ele com certeza cobre terceiros. Estamos juntos!!! que a força esteja com você!!!

    ResponderExcluir

Postagens populares

Loading...